A mais nova modalidade de arrecadação: PARCERIA VERDE

Ola conturbados amigos, estamos de volta!

Antes deste post, deveríamos estar falando sobre o “arboricídio”
que a Conurb Joinville cometeu contra as azaléias da avenida J.K., mas hoje nos
deparamos com esta imagem, que nos chamou muito a atenção.

Recentemente a Conurb, empresa que cuida da urbanização da
cidade, mesmo arrecadando mais de 11 milhões de Reais por ano,  não conseguiu manter o nosso maior patrimônio,
que são os nossos jardins, e por isso os colocou  para adoção.

Partindo do principio de que a adoção é a modalidade
artificial de filiação, que busca imitar a filiação natural, e que no sentido
mais natural é ajudar aos mais necessitados e abandonados, entendemos que uma
luz de oportunidade apareceu para os mais desfavorecidos, certo? -Errado!

Esta ação ironicamente me faz lembrar do Filme “Quem
quer ser um Milionário”.

Lembra daquele senhor bondoso, que oferecia um refrigerante
ao garoto pobre e o levava para um novo lar? Pois bem, esse garoto, na sua mais
pura inocência, aceitava a oferta, e ia viver junto a sua nova família.

Só que logo depois, ele descobre que aquela adoção, tinha um
propósito: -Enriquecer o seu senhorio. De que forma? -Pedindo dinheiro pela
rua. Para incrementar seu negócio, o tal homem chegava a cegar propositalmente
alguns meninos, aumentando assim seus lucros.

Incrível coincidência, não?

O que vemos aqui é um caso muito parecido.

Antes mesmo de cuidar e de tratar o nosso mais novo filho, já
o exploramos  ao máximo.

Colocamos ele “na fogueira”, vendendo ou pedindo
algo. Um show de Milionário e José Rico, quem sabe. Outra triste coincidência?
-Vai saber.

O pior de tudo é mascarar essa “adoção” como
“Parceria Verde”. Mas por onde anda esta tal de Parceria Verde? Só
podem estar zombando com a cara da população. Ja ja vão dizer que somos todos
daltônicos!

Depois que ouvi da boca do Assis, que por falta de
comunicação, a empresa terceirizada, arrancou indevidamente as azaléias do
canteiro central da JK, não duvido de mais nenhuma desculpa esfarrapada.

O que podemos esperar, é que no lugar delas, entrem novas
placas de publicidade, porque essas sim, dão mais lucro do que umas plantinhas
abandonadas. Mais uma vez, vamos ficar sem saber pra onde vai todo esse
dinheiro…

Anúncios

2 thoughts on “A mais nova modalidade de arrecadação: PARCERIA VERDE

  1. Com relação ao senhor Beto Gebaili, não sou seu fã, muito pelo contrário, tenho mais críticas contra do que a favor. No entanto, depois que vi a matéria onde o Vereador Patrício Destro “abocanha” a luta contra a CONURB iniciada pelo Beto Gebaili há mais de ano, sou obrigado a solidarizar-me. E quando ao vereador, até aqui para mim não fedia nem cheirava… Mas a partir desse fato… Para mim passou a FEDER. O que faz a vontade de permanecer agarrado à teta. Gilrikardo-blog.blogstpot.com / Joinville / SC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s